Nav icon
Tecidos Sustentáveis
Manual

Moda Consciente: Conheça 10 Tipos de Tecidos Sustentáveis Para Usar

Postado por Thássio Marcelo Aragão / 28 November, 2019

Vida sustentável é algo que queremos explorar mais, pois é essencial para o nosso futuro, mas nem sempre é fácil. Com esta lista, você pode dar seus primeiros passos dentro da indústria têxtil para um estilo de vida menos impactante.

Vamos falar sobre tecidos sustentáveis e veganos? Você sabia que a indústria da moda ocupa o segundo lugar no ranking das mais poluentes? Segundo o artigo da revista Environmental Health, todas as etapas da cadeia produtiva geram efeitos na natureza e na saúde humana. Ou seja, não é nada fácil ser sustentável e até mesmo vegano quando se busca uma nova peça de roupa nas lojas de moda.

VEJA TAMBÉM: CONHEÇA OS PRINCIPAIS TIPOS DE DENIM NA MODA

Felizmente, os consumidores estão mais atentos as questões sustentáveis e exigindo cada vez mais das marcas de moda, que correm contra o tempo para inovar seus processos a fim de construir um engajamento sólido com as causas sociais e ambientais de maneira transparente.

Tecidos Sustentáveis

Dito isto, encontrar roupas sustentáveis e amigáveis no varejo tem sido um grande problema para os consumidores mais jovens e temos certeza de que também é um desafio para você. É por isso que reunimos algumas sugestões da escritora e consultora de moda sustentável Summer Edwards, que indicou 10 tipos tecidos sustentáveis que estão se destacando e que podemos procurar ao fazer compras.

VEJA TAMBÉM: 10 TIPOS DE BOLSAS MASCULINAS POPULARES NO STREET STYLE

Antes de entramos a fundo no assunto, vale ressaltar que um guarda-roupa genuinamente livre de crueldade é aquele que evita impactos adversos em animais, pessoas e no meio ambiente. A boa notícia é que existe uma maravilhosa variedade de tecidos veganos genuinamente sustentáveis. Abaixo estão boas recomendações de tecidos a serem observados ao criar seu guarda-roupa vegano sustentável. Anota aí:

ALGODÃO ORGÂNICO

Tecidos Sustentáveis

O algodão convencional é uma das colheitas mais sujas do mundo. E proteções precárias significam que os agricultores e o meio ambiente estão expostos a esses produtos químicos prejudiciais e com implicações significativas para a saúde. Também envolve trabalho forçado e infantil para o fornecimento global de algodão convencional.

O alto custo do algodão transgênico e o requisito de comprar as sementes patenteadas todo ano são as causas diretas das altas taxas de suicídio de agricultores devido à grande dívida agrícola. Para evitar esses impactos, certifique-se de que sua roupa seja de algodão orgânico, cujo cultivo é feito sem uso de agrotóxicos e pesticidas, diminuindo os danos causados ao solo, à agua, ao ambiente e ao ser humano. Este processo de cultivo é denominado agricultura orgânica.

COURO DE ABACAXI

Tecidos Sustentáveis

O couro vegano convencional é PVC, um tecido extremamente tóxico que libera produtos químicos prejudiciais à medida que se degrada. O PVC nunca poderia ser considerado sustentável, mas, infelizmente, muitas marcas veganas o retratam desta forma.

Por sorte, você não precisa recorrer ao PVC para atender às suas necessidades de couro vegano. O couro de abacaxi é fabricado a partir das fibras das folhas da fruta deixadas depois de cultivar a fruta e é completamente biodegradável, o que não gera gastos com o cultivo, água ou defensivos agrícolas para sua produção e tem a mesma textura, flexibilidade, isolamento térmico e função que o couro animal ou sintético (mais poluente e muito menos qualificado).

Entre as tendências do mercado, uma iniciativa responsável produzida nas Filipinas é o material piñatex, um couro feito com a fibra das folhas de abacaxi, pela designer espanhola Carmen Hijosa. A alternativa ao couro pode ser usada em roupas, sapatos e acessórios, e já faz parte do catálogo de marcas famosas, como Hugo Boss, e também da gigante de fast fashion H&M.

LIOCEL E MODAL

Tecidos Sustentáveis

Liocel e modal são tecidos feitos com fibras fabricadas a partir da polpa da madeira. Em sua produção são usados produtos químicos, mas livres de solventes nocivos à natureza, e os processos são de circuito fechado (o que significa que os produtos químicos são capturados e reutilizados uma e outra vez).

No entanto, é importante que a polpa da madeira provenha de uma fonte sustentável. Para ter certeza, procure por modal que seja fabricado na América do Norte ou na Europa. Os que são feitos na China e na Indonésia estão destruindo a floresta tropical da região.

O tencel é uma forma certificada de liocel produzida a partir de polpa de madeira sustentável. O liocel de bambu também é uma opção maravilhosa, pois o bambu é uma safra quase 100% sustentável. No entanto, a maioria dos tecidos de bambu no mercado é viscose de bambu.

Viscose é outra maneira de converter pedaços de madeira em tecidos, mas usa solventes nocivos e os produtos químicos que não são capturados e reutilizados. Viscose (bambu ou raiom) não é sustentável e é melhor evitar.

LINHO

Tecidos Sustentáveis

Como consumidor em busca da sustentabilidade, você provavelmente está muito familiarizado com a linhaça. O linho é um tecido feito a partir da cana do linho. Foi fabricado tradicionalmente na Europa e no Japão por milhares de anos e é uma opção muito sustentável.

No entanto, a roupa chinesa usa fertilizantes convencionais e aumentou o impacto no ambiente. Portanto, procure lençóis europeus ou japoneses de boa qualidade para suas opções mais sustentáveis. Além disso, são de qualidade muito maior, o que é importante quando você está tornando o seu guarda-roupa sustentável.

CÂNHAMO

Tecidos Sustentáveis

O cânhamo é outra fibra maravilhosa baseada em plantas com benefícios ambientais significativos. Pode ser cultivada perto dos rios, por isso não usa terra para plantação de alimentos. O cânhamo é muito suave e está ganhando popularidade.

O crescimento do cânhamo não necessita de quaisquer produtos químicos ou inseticidas, além disso, comparado ao cultivo do algodão que gasta 10.000 litros/kg, o cultivo de cânhamo reduz a quantidade de água em 90%. Outra vantagem: o cânhamo é uma erva daninha, cresce rapidamente em quase toda parte precisando de pouca atenção, não esgota os nutrientes do solo, é fácil de colher, bloqueia os raios UV e é anti-fúngico.

As fibras do cânhamo são duráveis e fortes pois tem 8 vezes a resistência à tração e 4 vezes a durabilidade, em comparação com fibra de algodão. Mas as fibras de cânhamo são grosseiras, e têm sido historicamente mais usadas para fazer cordas do que roupas. No entanto, as modernas tecnologias têm tornado as fibras de cânhamo mais maleáveis, mais suaves e mais finas.

As primeiras amostras das fibras de cânhamo suaves transformadas em fio foram produzidas pela empresa de reciclagem Texperium, um centro de inovação para a indústria têxtil da Holanda. Além da moda, a empresa pretende se concentrar no mercado de toalhas (hotéis) e tecidos para o lar (cadeiras, sofás, colchões, cortinas), oferecendo produtos com melhor qualidade do que o algodão no que se refere à higiene, capacidade de absorção da humidade e durabilidade.

SEDA DE SOJA E SEDA DA PAZ

Tecidos Sustentáveis

A seda de soja é um tecido fabricado com o resíduo de soja que sobra da produção de tofu. Contudo, utiliza formaldeído em seu processo, que é um cancerígeno conhecido. Se você procura uma alternativa de seda, esta é uma opção razoável.

Outra sustentável é a seda da paz, feita a partir do casulo do bicho-de-seda, depois que ele já foi abandonado no processo de transformação do inseto.

Nenhum verme ou mariposa é prejudicado ou explorado no processo porque os casulos utilizados no processo produtivo já estão vazios. E a seda da paz é colhida de forma mais natural, ao invés de cultivada. Apesar dos resultados serem um pouco diferentes, a seda produzida tem a textura e o toque mais rústicos, as sedas feitas com esse processo são muito bonitas.

SEDA DE LARANJA

Tecidos Sustentáveis

Duas empresárias italianas desenvolveram uma seda de laranja vegana produzida com o material reaproveitado da indústria de suco de laranja. A empresa Orange Fiber, de Adriana Santanocito e Enrica Arena, utiliza cerca de 700 mil toneladas por ano para criar um tecido que promete revolucionar a moda de luxo.

Feita a partir da celulose do bagaço, a seda é leve, suave e pode ser opaca ou brilhante. A seda vegana já está sendo usada para produzir os artigos têxteis de luxo da grife italiana Salvatore Ferragamo.

Tamanha inovação já rendeu alguns prêmios para as empreendedoras, como por exemplo o de Mudança Global da Fundação H&M, organização que fomenta projetos de sustentabilidade.

COURO DE MAÇÃ

Tecidos Sustentáveis

Outra alternativa super interessante ao couro animal é o couro de maçã. feitos a partir da fibra de celulose extraída de suas cascas, que são misturadas a uma pequena porcentagem de resina química. Lixo zero, eles reduzem o desperdício, já que usam a parte da fruta que é descartada pela indústria alimentícia (que aproveita apenas a polpa).

Produzidos em pequena escala por ora, tais “tecidos” começaram a chegar ao mercado nos últimos meses. O couro de maçã foi a escolha do estilista brasileiro Pedro Lourenço em sua nova grife, a Zilver. Já a marca canadense Samara desenvolveu uma coleção feita com esse material inovador, mesclado com uma pequena porcentagem de poliuterano, para que ele seja mais durável e possa substituir os materiais à base de petróleo que normalmente são usados para fazer couro vegano.

NÁILON E POLIÉSTER RECICLADOS

Tecidos Sustentáveis

Os tecidos sintéticos convencionais são muito nocivos para o meio ambiente e causam poluição microplástica nos oceanos. Mas você pode encontrar cada vez mais opções para reciclar, como as que usam resíduos de tecido de fábricas, ou roupas antigas para fazer novas.

Escolher opções recicladas, como roupas de banho, vale a pena. Pois as de algodão orgânico se degradam muito rápido em uma piscina. Logo, os produtos sintéticos reciclados são necessários para estes casos.

Você também pode comprar uma roupa de segunda mão para compor seu guarda-roupa sustentável. Entretanto, também acho importante comprar algumas de suas roupas, novas. Isso ajuda a construir nossas alternativas genuinamente sustentáveis à indústria da moda convencional.

Tecidos Sustentáveis

Gostou desta matéria sobre Tecidos Sustentáveis? Deixe um comentário e compartilhe nosso conteúdo, para que esta lista mostre as pessoas que é possível fazer escolhas veganas e sustentáveis para o guarda-roupa.

Acompanhe também nossas redes sociais no InstagramFacebook, Twitter e Vimeo.

Fonte: The Minimalist Vegan
Fotos: ®Reprodução

Summary
Moda Consciente: Conheça 10 Tipos de Tecidos Sustentáveis Para Usar
Article Name
Moda Consciente: Conheça 10 Tipos de Tecidos Sustentáveis Para Usar
Description
Renove o seu guarda-roupa com esses 10 tipos tecidos sustentáveis e veganos que estão se destacando na moda e que podemos procurar ao fazer compras.
Author
Publisher Name
What Else Mag
Publisher Logo

O que você achou?