Nav icon
SPFW N48
Fashion

Invista Em 5 Coleções Criativas do Verão 2020 Desfiladas no SPFW N48

Postado por Thássio Marcelo Aragão / 24 October, 2019

Vamos pensar um pouco fora da caixa? Nem só de floral e listras sobrevive o verão.

A semana de moda é um evento semestral que reune algumas das marcas nacionais, estabelecidas ou novas, com propostas visuais interessantes para a próxima estação. As tendências aparecem e influenciam o mercado e a rua, gerando novos comportamentos de consumo que se pulverizam em todas as classes, cores e credos. E na edição do SPFW N48 a criatividade e a pluralidade rolaram soltas, trazendo um novo olhar para a moda masculina (ou seria ela sem gênero?).

“O São Paulo Fashion Week celebra a potência da criação como expressão viva e afetiva das pessoas em sintonia com o tempo presente”, diz Paulo Borges, Diretor Criativo do SPFW.

VEJA TAMBÉM: CONFIRA A NOVA COLEÇÃO DE PRIMAVERA/VERÃO DA CALVIN KLEIN JEANS

Das dezenas de desfiles que aconteceram entre 13 e 18 de outubro de 2019 no Pavilhão das Culturas Brasileiras, no Parque do Ibirapuera, cinco chamaram a nossa atenção pela liberdade criativa e temas abordados nas coleções masculinas. Uma verdadeira ode ao corpo, a cultura brasileira e a diversidade. Confira o que as marcas e estilistas da nossa lista estão lançando para incorporar ao seu estilo e adquirir já:

DESFILE MIPINTA

Uma das poucas marcas do SPFW 48 que apresentou uma coleção 100% de moda masculina foi a jovem Mipinta, do estilista Fernando Miró, que desfilou pela terceira vez no evento dentro do Projeto Estufa, o celeiro de novos talentos do SPFW. A marca é bem autoral e já chamou a atenção de grandes players da moda mundial, como Virgil Abloh, diretor criativo da linha masculina da Louis Vuitton, o que rendeu a Fernando um estágio na grife francesa.

O estilista que estuda na conceituada escola de arquitetura e artes visuais da Bélgica colocou toda a sua experiência e criatividade a prova numa coleção bem jovial pra lá de divertida. A inspiração não poderia ser outra: jovens saindo do rolê enquanto o dia começa.

“O momento da coleção é aquele do amanhecer, quando as pessoas estão saindo da festa enquanto a cidade está acordando. Pensei no que é mais significativo neste momento, e foi daí que vieram o grafismo e as cores da sinalização do trânsito, das listras da faixa de pedestre em preto e branco”, conta Fernando.

SPFW N48

DIREÇÃO CRIATIVA Fernando Miró | BELEZA Helder Rodrigues

As roupas do desfile são um show a parte e sintetizam esse momento pós-balada e início de mais um dia na cidade grande com muito humor e criatividade. Nelas, o conceito é aplicado por meio de um belo exercício de modelagem e sobreposição nada convencional, como shorts por baixo de calça de alfaiataria (workwear) ou sacolas de feiras que se transformam em peças vestíveis. Até as faixas de perdestes viraram listras que surgem em diferentes sentidos pelas roupas. Vale resaltar que a marca flerta com a sustentabilidade e mostrou um trabalho de upcycling reconstruindo peças tradicionais de alfaiataria e evitando usar tecidos novos, do zero.

VEJA TAMBÉM: 10 HAMBURGUERIAS TEMÁTICAS EM São Paulo PARA COMER E SE DIVERTIR

Na beleza, assinada por Helder Rodrigues, meninos desfilaram com olheiras marcantes nas cores azuis e vermelhas. Enquanto a última entrada trouxe um modelo todo prateado. “São meninos livres, que sentiram vontade, então se pintaram para a festa”, conta Helder.

a Mipinta é aquela marca que faltava no SPFW N48 e no mercado de moda masculina nacional, ao investir numa imagem de moda experimental e sofisticada, distante do comercial clichê. São peças nada convencionais que atendem a um público jovem e antenado que anseia por novidades e não encontra nas lojas. Uma marca interessante para ficar no seu radar!

DESFILE JOÃO PIMENTA

Desfile super aguardado pelos homens no SPFW N48, João Pimenta é um dos poucos designers da moda brasileira atual que subverte o guarda-roupa masculino com boas doses de referências femininas desde o início da marca, quando pouco se falava em moda genderless e unissex.

O que antes era um desfile unicamente formado por meninos em roupas de alfaiataria descontraída, dessa vez um time de mulheres lésbicas entrou em cena, vestindo não só as peças do estilista, mas sendo protagonistas de sua coleção. Era o mito “Lilith” que servia de inspiração.

“Sempre brinco com a ideia do menino se vestindo de mulher. Dessa vez, uso o universo masculino para vestir mulheres que não querem usar roupa de princesa”, disse João Pimenta em entrevista ao portal FFW

SPFW N48

DIREÇÃO CRIATIVA João Pimenta | BELEZA Laura Peres

A trilha sonora com música de Gabi GA 31 já anunciava em alto e bom som que aquele desfile daria voz as sapatonas, valorizando as mulheres gays usando os esteriótipos do visual masculinizado e caminhoneiro de forma irônica e super humorada. Assim, os looks deles e delas se misturam em opções de blazer e calça social oversized, alem das famosas saias do estilista em versões desconstruídas e reimaginadas.

”Ainda penso nos meus clientes homens, são peças para ambos os gêneros, mas tive o cuidado para adaptar as modelagens. As calças, então, são maiores no quadril e menores na cintura, por exemplo.”, comenta João Pimenta para o portal FFW

VEJA TAMBÉM: 7 FEIRAS ITINERANTES EM São Paulo QUE VOCÊ PRECISA CONHECER

Um outro destaque desse desfile do SPFW N48 que vale a pena mencionar foi o styling que propôs diferentes sobreposições em tons de cinza e prateado que criaram volumes bufantes interessantes para adotar já nos looks da estação. O estilista trouxe referências dos anos 80 e muita calça saruel para o conforto dos homens mais estilosos. Nos acessórios, foca na pochete em couro sintético, a bolsa que não sai de moda há umas temporadas.

DESFILE BEIRA

Nessa temporada, a BEIRA apresentou suas modelagens em uma gama de azuis aplicados sobre tecidos de diferentes materiais e estruturas: ora fluidos, ora rígidos. Pinturas manuais e processos de lavanderia se revezam com costuras com contraste de cor, evidenciando a construção das peças e dando continuidade ao processo de desenvolvimento de produto. A Converse segue como parceira na composição dos looks e, desta vez, o clássico modelo Chuck Taylor All Star Hi recebeu tingimento artesanal azul.

SPFW N48

DIREÇÃO CRIATIVA Lívia Campos | BELEZA Helder Rodrigues

Este foi o primeiro desfile realizado pela marca após o lançamento do seu e-commerce, único canal de distribuição próprio, onde a BEIRA oferece parte da sua coleção para envio imediato e parte com produção sob demanda. Dentre os modelos a que foram apresentados no SPFW N48, uma seleção será disponibilizada para pré-venda antes do lançamento oficial da coleção, previsto para acontecer em janeiro de 2020.

“Se me perguntam qual o conceito da coleção que estou apresentando, respondo rapidamente que não há. Meu principal objetivo é criar a próxima calça, a próxima blusa, enfim, a próxima peça de roupa. É nela que existe potência de linguagem. E esse processo é contínuo.”

DESFILE ANOTHER PLACE

LOOKING FOR A NEW PLACE TO BEGIN é o nome da coleção apresentada pela Another Place no SPFW N48. O novo começo, reverenciado no título, se desdobrou não só na coleção, que desta vez chega com referências diferentes do que o público está acostumado, mas também no formato audiovisual da apresentação.

Em sua segunda participação na semana de moda, a marca agênero inovou ao levar seus convidados para fora do circuito principal do SPFW N48, em um dos mais importantes espaços culturais paulistanos, o Teatro Itália. Ali, quem foi para conferir as criações de Rafael Nascimento, não encontrou uma passarela, como de praxe, e sim uma tela de cinema, onde foi exibido um curta-metragem, que traz a coleção no figurino, estrelado por Johnny Massaro e dirigido por Henrique Sauer, nomes consagrados na cena nacional, que retratam nesta obra o conceito de recomeço e de identidade por meio da história de um jovem cantor de sucesso e seus conflitos.

VEJA TAMBÉM: REEDITANTO O MASCULINO COM O ESTILO DO CANTOR OLLY ALEXANDER

O diretor criativo Rafael Nascimento conta que a ideia da concepção do projeto vai de encontro ao conceito principal da Another Place: fazer moda acessível, sem rótulos e preconceitos. Sendo assim, o audiovisual foi o formato escolhido para levar mais emoção e chegar a um número maior de pessoas, já que será lançado na internet, quebrando barreiras de acesso ao conteúdo artístico, que chega com mais vitalidade e consistência.

SPFW N48

DIREÇÃO CRIATIVA Rafael Nascimento | BELEZA Helder Rodrigues

As roupas, as músicas e o curta-metragem conversam e foram compostas em conjunto para formar a história. Um novo lugar para recomeçar aborda a ultra valorização da imagem em tempos de redes sociais e o encontro com a própria identidade, aqui representada em peças mais clássicas e atemporais, completamente diferentes de todas as coleções anteriores da marca: não há mais foco em logomania, nem em alfaiatarias esportivas. Ao invés da monocromaticidade usual, o novo começo traz estampas que representam conceitualmente o tema.

Criadas por Gabriel Azevedo, as referências astrológicas aplicadas em formatos que fazem alusão ao barroco, empregam a ideia de releitura de uma nova realidade – ao olhar a estampa, há a sensação de reconhecimento, porém depois de apreciá-la, é possível enxergar os elementos novos que corroboram o tema -, afinal, o místico revela a crença das pessoas no desconhecido.

Ao fim da sessão de cinema, os modelos se apresentaram ao público juntamente com Johnny Massaro, expondo as criações da Another Place aos olhos curiosos que habitavam o Teatro. A beleza natural proposta pela marca foi assinada pelo Helder Rodrigues em parceria com a Kat Von D Beauty e Truss. O algodão da Vicunha e a fibra tecnológica Sensil Breeze, que traz propriedades capazes de transferir o calor para longe do corpo, possibilitando muito mais conforto aparecem como destaque nas produções, que também receberam estamparia da Texprima.

DESFILE AMAPÔ

Um encontro de fé, Cariri e Amapô. Assim foi a emocionante apresentação da marca Amapô, de Carô Gold e Pitty Taliani, que deu um show de dança ao som de xaxado e forró nordestino a fim de mostrar para todo o Brasil que a cultura regional tem uma grande importância e merece ser valorizada. Quem acompanha a marca sabe que seus desfiles são sempre uma experiência imersiva onde a moda tem papel condutor na narrativa que vai muito alem da roupa.

Divertidos e nada caretas, os looks são de longe os mais coloridos e estampadas do SPFW N48.  Como um grande baile popular, modelos, dançarinos e amigos da marca surgiam vestindo roupas repletas de referências na rica cultura cearense e nordestina e no trabalho do mestre Espedito Seleiro, conhecido por seu trabalho artístico no couro. Como já dizia o manifesto que inspirou toda a coleção:

“Tem as casas, aquelas casinhas, tem café, aquele cafezinho doce, tem aquele pano de prato alvejadinho e aquela cama esticadinha com lençol bem colorido, pra deixar a nossa dormida mais feliz. Tem vaqueiro MC, tem Reisado Flash Dance, tem Romeira Hot Couture. E os Caretas são os mais hipsters, com seus trajes norm core fubazentos. Todos indo pra essa festa popular, esse baile do Coração Coroado, pra saldar  seu Espedito Seleiro, mestre dos mestres, que aos seus 80 anos, nos ensina a aceitar a vontade das cores. E apadrinhando esse folguedo, nosso Padim Padiciço, com seu misticismo nordestino, controverso como o tempo, fazedor de milagres e protetor dos sem dinheiro e sem chão.”

SPFW N48

DIREÇÃO CRIATIVA Carô Gold e Pitty Taliani | BELEZA Lau Neves

Durante a viagem ao Ceará, as estilistas da Amapô beberam de diversas fontes, acumulando informações das festas, atos tradicionais, igrejas e oratórios, que foram condensadas no belo trabalho de artesanato das peças, cheias de cores e texturas.

Apesar de parecer uma escolha aleatória, cada look carrega uma história da cultura popular nordestina, como os tênis ornamentados como oratórios ou as peças com estampas 3D inspiradas no Centro de Cultura Popular Mestre Noza, criado em homenagem ao artista pernambucano Inocêncio Medeiros da Costa, considerado o primeiro artesão da região.

VEJA TAMBÉM: FESTIVAL ARTESOL CELEBRA O ARTESANATO BRASILEIRO

Detalhe que toda a coleção, criada em apenas 1 mês, teve colaboração de alunos do Senac no seu processo criativo. Por meio de workshops, alunos e estilistas combinaram ideias a fim de levar o melhor do Cariri para a cidade grande. Um trabalho que antes estava escondido nas fazendas, na caatinga, no mato e agora pode ser apreciado e consumido por todo mundo.

Se você ainda não deu o play no vídeo do desfile no SPFW N48, pare por aqui e veja agora com seus próprios olhos como a moda, a dança, a música e a nossa herança cultural se completam em perfeita sintonia. No final vai dar aquela vontade de ter pelo menos alguma peça de roupa, ou posso chamar de obra de arte?!

Fotos: Agência Fotosite

Summary
Invista Em 5 Coleções Criativas do Verão 2020 Desfiladas no SPFW N48
Article Name
Invista Em 5 Coleções Criativas do Verão 2020 Desfiladas no SPFW N48
Description
Na edição do SPFW N48 a criatividade e a pluralidade rolaram soltas, trazendo um novo olhar para a moda masculina. Veja nosso TOP 5 de coleções criativas.
Author
Publisher Name
What Else Mag
Publisher Logo

O que você achou?